25 de jun de 2015

maybe we're meant to be

thelovelyhugs | whi

Eu nem te conheço e possivelmente já estou apaixonada por você. Como? Sinceramente eu não sei. Nunca vi seu rosto mas eu penso muito frequentemente nele. Te imagino de mil formas, de mil jeitos, de mil maneiras. E em todas essas formas, não importa como, eu sempre acabo gostando de você. Será que o universo tá tentando me pregar uma peça? Será que estamos destinados e não importa como, vamos acabar juntos? Eu já não sei  mais o que dizer e nem o que sentir. Estou sendo aterrorizada por estes pensamentos, porque ao mesmo tempo em penso o quão bom poderia ser nós dois, também penso na tragédia que poderíamos acabar sendo. É que tu sabe, você poderia ser a minha destruição,  a sua, a nossa destruição. E eu realmente não sei o que fazer. Já tomei tantas decisões erradas na vida que dessa vez eu vou deixar essa pra você. Mesmo que eu sinta que estejamos interligados de alguma maneira, mesmo tendo esse sentimento me impulsionando pra você, mesmo tendo o breve pressentimento que tudo isso é algo mútuo, eu vou deixar tudo com você, porque se for pra botar a culpa em alguém no final, que seja tua culpa, não minha.

Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Eu gostei do texto. No caso, o eu-lírico está visualizando como seu seria sua verdadeira paixão, e analisando as consequências do que sentiria, certo? Ou ela de fato o conhece? Porque do meio do texto pra frente deu-se a entender que ela o conhecia, mas na primeira frase do texto diz que não. kjhakjshas, adorei.

    http://www.acessopermitido.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elcimar, eu costumo escrever uns textos meio confusos mesmo, sempre acontece isso de eu começar de um jeito e terminar de outro dhsdhhdjs desculpa pela desordem. Bom, nesse texto ela meio que conhece e não conhece essa paixão, sabe? Ela não o conhece mas sente que estão destinados de alguma forma, é algo bem louco mesmo aehehua

      Excluir

Deixe uma opinião sobre o que achou da postagem. Volte sempre.


Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©