30 de mar de 2016

Entre aspas: Estrelas

light, sea, and grunge image

Eu gosto de observar as estrelas. Elas são o mais próximo que eu posso chegar do céu, e o mais longe que eu posso estar da terra. Acho que Deus as fez para os dias sem esperança, para aquelas pessoas sem um rumo. Sabe o que é legal nelas? Não importa o quanto o céu esteja escuro, elas vão estar sempre ali, elas sempre vão brilhar para alguém do outro lado do mundo. Eu olho para as estrelas, e lembro que em algum lugar por aí, deve haver uma pessoa olhando na mesma direção que eu, e isso é fantástico. Estrelas são um exemplo de humildade, aos nossos olhos tão pequenas, e lá de cima somos tão insignificantes. Não importa quem foi embora, é incrível ver que não importa quanto o tempo passe, um dia desses nós estaremos em lugares diferentes, observando a mesma coisa. Estrelas parecem remédio pra saudade. Eu acredito nas estrelas, poucas pessoas conversam com elas, alguns podem achar patético, mas, eu converso com elas. Além do mais, as estrelas pertencem ao céu, como eu pertenço a você. Se o amor acontece, sem dúvida nenhuma, a culpa é das estrelas.
— Orquestrando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe uma opinião sobre o que achou da postagem. Volte sempre.


Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©