15 de jul de 2015

Vamos pra marte

nuthin but bad luck

mais um texto antiguinho

Me conheça. Se apaixone por quem eu sou e não pela forma que eu aparento. Me ame. Me segure em seus braços. Faça juras de amor. Diga que vai ficar. Prometa mesmo sem ter certeza. Não pense no dia de amanhã, tudo o que realmente importa é o agora. E hoje, diga tudo aquilo que você tem guardado. Diga que me ama. Entregue-me seu coração. E eu lhe darei o meu. Eu não me importo se isso tudo parece errado, se nós somos errados e isso é só mais outro erro que estamos cometendo. Porque se, isso, se amar é errar, eu quero errar todos dias, desde que seja com você. Por você eu me inscreveria para participar daquela viagem só de ida a Marte se tu me prometestes estar me esperando lá do outro lado. Porque com você e por você eu cometeria essa loucura e quaisquer outras. Além do mais é só mais um erro pra nossa coleção. Porque eu e você somos errados, nosso amor é um erro e tudo mais em nossa vida está errado. Então, tanto faz se algo mais der errado, não faz diferença. Já vi muito desse mundo pra perceber que as vezes errar é a melhor coisa a ser fazer, então foda-se isso tudo. Vem comigo, vamos pra Marte, vamos fugir daqui, vamos nos entregar pra valer, vamos errar por esse mundo afora.

Comente com o Facebook:

4 comentários:

Deixe uma opinião sobre o que achou da postagem. Volte sempre.


Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©