17 de jul de 2015

Sobre ser uma intercambista do Rotary

Heta's dream

Hoje eu vou contar pra vocês a história do meu pré-intercâmbio.

No intercâmbio do Rotary tudo começa quando você faz sua inscrição e fica naquela tensão de ter que estudar para a prova a qual você nem sabe direito quais matérias vão cair. Então você estuda tudo e nada e chega no dia de fazer a prova fica naquele nervosismo. Depois de fazer a prova você fica torcendo para ter ido bem e ao mesmo tempo preocupada de não ter ido bem o suficiente, porque quanto maior sua nota, maior serão as opções de países para você escolher. E convenhamos, todo mundo já tem suas preferências de países e na maioria das vezes, o país que a gente quer é o mesmo que todo o resto quer também. O Rotary te deixa ficar algumas semanas tensa com aquela prova na cabeça e só depois de um tempo uma nova reunião é combinada para a divulgação de notas e escolha do país; Mas antes disso, você começa a preencher formulários, o famoso "application form" e você se estressa com todas aquelas chatices de recolher assinaturas de um punhado de gente, termos de compromissos, exames médicos, se preocupa com o fato de não ter a mínima ideia do que escrever na carta para sua futura host family, porque tudo que escreve sempre parece não estar bom o suficiente e você quer ter certeza de que eles vão gostar de você, etc etc. Você faz uma vez o AF, refaz outra, e outra, porque toda vez alguma coisa saí errado, falta assinatura de fulano, falta tal documento, falta isso e aquilo, e só depois de várias tentativas, felizmente tudo se resolve. Depois de tudo certo com seu AF ele é enviado para o país escolhido e então você começa a roer as unhas esperando sua vaga ser confirmada e o primeiro contato com a host family. O tempo parece se arrastar e você já não aguenta mais esperar quando finalmente você entra no seu email em um belo dia e vê aquela tão esperada mensagem. São seus hosts, e eles queriam se apresentar e dizer um oi. Você grita, chama sua família inteira pra ver o email e com um sorrisão no rosto começa a escrever um email de resposta, diz o quanto está animada para conhecê-los, tenta esticar algum assunto para continuar conversando. Tem mil perguntas, sobre a cidade, sobre a escola, a rotina da sua futura família, o que eles gostam de fazer, (onde vivem, o que comem, sexta no globo repórter, zoas kk) e mal sabe por onde começar. Apesar de estar morrendo de curiosidade e querendo saber de tudo nos mínimos detalhes, não quer ser chata e acaba não fazendo tantas perguntas quanto gostaria. E no Brasil, todo mundo quer saber quem são sua família e pra onde você vai. E você tenta não se extravasar demais falando sobre isso toda hora, apesar de intercâmbio ocupar sua cabeça em 99% do tempo, pois sabe que apesar dos outros estarem curiosos sobre sua futura estadia no exterior, eles não intenderiam toda sua animação e entusiasmo pra falar sobre o assunto e começariam a pensar que você está sendo metido e querendo aparecer se continuar falando sobre intercâmbio a todo momento, então você se controla e tenta falar de outros assuntos também, mas não tem jeito, logo você recebe seu guarantee form, é impossível tirar o intercâmbio da sua mente, precisa comprar sua passagem e começar os preparativos pro visto, pois seu GF chegou e ele garante que você vai realmente fazer o intercâmbio, agora é tudo mais real, os dias estão passando rápido e em pouco tempo você estará chegando em um país completamente novo e diferente do seu. São dias estressantes e de pura ansiedade. Você marca seu visto e se assusta quando vê no site o tanto de documentação necessária, se desespera um pouco mas a única opção é cair de cabeça em toda essa amolação, os dias estão passando cada vez mais depressa, a data de viagem chegando e o tempo ficando curto, você precisa tirar logo seu visto, antes que seja tarde demais. Liga para o consulado para tirar uma dúvida, manda email para tirar outra e quando você acha que está tudo certo, se dá conta que ainda tem dúvidas e documentos faltando. É muito estresse, é verdade, mas você sabe que, no final tudo isso vai compensar. Então, pra finalizar este post eu gostaria de lembrá-los:

 Rotary!
mantenha-se calmo e SEJA UM INTERCAMBISTA DO ROTARY!!!!

texto baseado nas minhas experiências pessoais mas espero que mais gente se identifique

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe uma opinião sobre o que achou da postagem. Volte sempre.


Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©