22 de abr de 2015

Beating Heart


Os olhos se desviavam com dificuldade e por mais que me recusasse a admitir, eu estava com medo. O sol estava desaparecendo, dando lugar para que a noite caísse. O relógio estava correndo e a cada minuto a mais que se passava era um a menos ao seu lado. Preciso aguentar firme e aproveitar ao máximo o que nos resta, com tanto pouco tempo não se pode deixar as coisas para mais tarde. 
Olhei em seus olhos debaixo do céu escuro e apesar de tudo, havia brilho em seu olhar. Aquilo era amor. Quis abraça-lo para poder ouvir as batidas de seu coração pela ultima vez antes do amanhecer mas ao reparar em seus lábios feridos avancei para cima deles impulsivamente e ele retribuiu o beijo na mesma intensidade.
Me afastei pensando ser o certo a fazer. Eu não podia encarar tudo isso agora. Ele me olhou confuso e eu abaixei o olhar.
- Alguma coisa errada? - Perguntou.
- Eu só quero estar ao seu lado. - Disse meio que sem pensar.
Ele sorriu e num tom doce falou: - Então não tenha medo.
Era inevitável não sentir medo, não era só ele que me amedrontava, toda essa situação me assustava também e estar ao seu lado fazia com que meu coração bombeasse o sangue mais rápido do que o normal, fazia também com que minhas mãos ficassem úmidas e uma sensação estranha no estômago que eu não sabia como explicar, não podia controlar nada disso, só conseguia sentir e sentir as vezes dói exatamente pelo fato de não conseguirmos controlar o que sentir. 
- O que você acha que vai ser daqui pra frente? - Perguntei temendo a resposta.
- Deixe para que nos preocupemos com o amanhã, amanhã. - Concordei com a cabeça, ele estava totalmente certo, eu deveria aproveitar o momento, o agora, e esquecer o que vinha depois. Pois o futuro ainda não existe, portanto, deitei minha cabeça em seu ombro e cruzamos nossas mãos. Quando o sol sangrento surgisse eu só gostaria de poder estar junto dele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe uma opinião sobre o que achou da postagem. Volte sempre.


Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©