11 de jul de 2014

Entre aspas: Lugares cheios de pessoas vazias

UntitledUntitled

Os bares estão cheios de almas tão vazias
E os copos estão cheios.
Cheios de um líquido que eles chamam de esperança, mas que tem gosto de morte.
Eles buscam vida, querem respirar; mas não sabem onde, nem como.
Nem ao menos sabem porque.

As ruas estão cheias de pessoas
que passam e voltam, sem saber para onde vão
Eles só querem ser livres
só querem cantar e dançar
mas buscam nos olhos uns dos outros, aquele brilho no olhar;
sem encontrar

Os estádios estão cheios de uma paixão colorida
de almas que gritam e torcem
sem saber que há uma razão maior para tudo isso
uma razão para existirem.
No grito de gol, pode estar o grito de dor, de raiva, de medo.
Medo que ninguém quer admitir

E as igrejas estão cheias de pessoas vazias.
Pessoas que buscam um deus que não existe, pessoas que compram o deus que é vendido a elas.
As igrejas estão cheias de programações e festas, tão vazias quanto as pessoas que ali estão
Estão cheias de pessoas que não querem dar esperança aos que estão nos bares, nas ruas, nos estádios ou aqui.
Só querem se agarrar em sua própria esperança, falsa esperança de um deus criado por homens.
As igrejas estão cheias de um evangelho tão vazio.
As pessoas estão cheias de si, vazias.

As bibliotecas estão cheias de livros, que as pessoas vazias jamais lerão.

Criolo - Não existe amor em SP

Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Nossa que lindo , li três vezes gostei muito serio , irei até copiar ele . amei amei e amei
    beiju beiju

    sapatilhadecriistall.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Não gosto muito desse tipo de texto, mas esse achei bem interessante, a forma como foi escrito, a estrutura, palavras, tudo se encaixa.
    Beijos
    Dezesseis de Volta

    ResponderExcluir
  3. Adorei, eu gosto muito de texto assim; realista, que mostra o que está acontecendo de verdade... de vez em quando escrevo uns assim até parecidos modéstia a parte pq ficou mto bem escrito...adorei "bebem um líquido que eles chamam de esperança, mas tem gosto de morte"

    perfeito *_*

    http://www.virtualparadisee.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amo esse texto também, acho ele demais, só que não encontrei o nome do autor, no final sempre estava "Criolo - Não existe amor em SP" fiquei até magoada porque precisava conhecer esse autor auhhuehu

      Excluir

Deixe uma opinião sobre o que achou da postagem. Volte sempre.


Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©